Fim de ano chegou! Você já escolheu o melhor Regime Tributário para o seu negócio?

É de extrema importância para uma empresa decidir qual regime tributário irá adotar ao longo do ano. Atualmente no Brasil existem três regimes de tributação: Lucro Real, Lucro Presumido e Simples Nacional, e para sua comodidade, é indicado que essa escolha seja feita e estudada por um contador, que têm experiência e conhecimento no assunto, sabendo assim, a melhor maneira para sua empresa lidar com os impostos.

O Lucro Real é a regra geral para a apuração do Imposto de Renda (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) da pessoa jurídica, de forma resumida, significa o próprio lucro tributável, para fins da legislação do imposto de renda. Já o Lucro Presumido é uma forma de tributação simples para determinação da base de cálculo do IRPJ e da CSLL das pessoas jurídicas que não estiverem obrigadas à apuração do lucro real. Por fim, o Simples Nacional é um regime especial de arrecadações e contribuições adequados pelas micro e pequenas empresas, instituído por lei em 2006.

Nesse caso, qual seria melhor opção para o seu negócio? Não existe uma segmentação relacionando o tipo de empresa ao tipo de regime escolhido: cada caso é um caso. É preciso fazer um estudo de diversos fatores, como planejamento, e estudo de mercado. A decisão errada nesta etapa pode acarretar em pagamentos de impostos inadequados, desestabilizando o bem estar financeiro da empresa ou mesmo provocando complicações com a Receita Federal.

Regularmente, a situação da empresa pode mudar de um ano para o outro e, nesse caso, é provável que uma troca de regime de tributação, se possível, seja vantajosa. A empresa pode modificar o tipo de produto ou serviço que possui uma tributação diferente, as despesas podem ganhar ou perder interesse, entre outros inúmeros casos.

Como dito anteriormente, acompanhar o andamento da empresa, analisar os históricos financeiros e acompanhar o comportamento do mercado também contribuirá seguramente para se moldar de maneira positiva em algum regime, tendo em mente que toda mudança de regime acontece de ano em ano. Ou seja, se uma empresa estiver sendo tributada pelo Lucro Real em 2016 e a partir de estudos e análises verificar que em 2017 será possível e melhor essa migrar para o Lucro Presumido ou Simples Nacional, ela poderá fazer ao início do ano.

E para 2017, a Patrio te ajuda na escolha do regime tributário que o seu negócio irá seguir. Confira nossos serviços e caso tenha alguma dúvida, entre em contato conosco!