Como reduzir despesas superficiais?

Sabe diferenciar custos e despesas? Pode parecer confuso, mas essa classificação é essencial para avaliar os resultados da sua empresa e garantir que ela esteja seguindo na trilha certa. E o mais importante: essa diferenciação pode facilitar na hora que o gestor necessita eliminar gastos desnecessários.

Então, informe-se: os custos são saídas de dinheiro que possuem ligação com a produção, comercialização ou serviços da sua empresa, ou seja, gastos que são atrelados às atividades da companhia. Já as despesas são relacionadas à administração, isto é, elas são importantes para manutenção da empresa, mas não geram novas mercadorias ou serviços. Alguns exemplos são o material de escritório, energia, telefone fixo e celular, e tarifas bancárias.

Agora que já entendemos isso, como classificar as despesas que são superficiais, logo, podem ser cortadas, sem causar prejuízos a sua empresa?

Energia

O uso indiscriminado da energia elétrica é um vilão nas despesas. Tente aproveitar ao máximo a luz solar, lembre-se sempre de desligar lâmpadas, computadores e demais aparelhos elétricos ao sair do ambiente ou durante os horários de almoço. E passe o ensinamento para toda sua equipe. Ensine-os que equipamentos em standby continuam a consumir energia.

Material de escritório

Quanto menos material em estoque, melhor. Para isso é necessário manter um inventário atualizado e ter um ótimo planejamento de compras. Separe os itens entre os mais utilizados e os mais raros de serem usados. Os itens de saída mais frequente ou com pouco estoque devem ser prioridade na hora da compra.

Telefones e internet

Essas são ferramentas essenciais, certo? Mas reduzir gastos com eles não é muito difícil. Sua empresa realiza mais ligações locais ou interurbanas? Utiliza mais telefones fixos ou móveis? Agora é só achar o plano e operadora que melhor se encaixe nessas necessidades.

O mesmo vale para a operadora de internet. Qual a velocidade necessária para suprir a demanda da sua companhia? Não é necessário um plano com velocidade muito alta se a empresa não a utiliza frequentemente. Porém, se a empresa precisa de uma internet com ótima velocidade, um plano mais barato pode causar prejuízos na produtividade da equipe, e isso também vai acabar resultando em mais gastos.

Reuniões externas

Por que não utilizar da internet como um aliado no corte de despesas? As viagens e reuniões externas muitas vezes podem ser substituídas por conferências via Skype e chamadas de vídeo.

Tarifas bancárias

Juros de dívidas e empréstimos podem representar um grande gasto, por isso, se não for possível renegociar suas dívidas direto com os fornecedores, nossa dica é buscar a menor taxa de juros entre os bancos.

Essas são algumas das nossas dicas para cortar gastos sem prejudicar o andamento da sua empresa, mas lembre-se: não corte gastos aleatoriamente, o planejamento dos cortes deve ser cuidadoso, sempre eliminando apenas o superficial. Na dúvida, entre em contato com a Patrio e ajudaremos a fazer isso da melhor maneira.